24 de dezembro de 2012

Jesus Versus Papai Noel

0 opiniões
O Natal já passou, porém nunca é tarde para fazermos comparações interessantes. Abaixo mostramos um infográfico mostrando as diferenças entre Jesus e Papai Noel, suas vidas e o status que conseguiram, por conta própria ou pela mídia, no mundo globalizado e consumista de nossa era.


Traduzido e adaptado do site Cracked.com por Antonio César

8 de dezembro de 2012

Música tema: Game of Thrones

0 opiniões
EM abril de 2013 Guerra dos Tronos volta em sua terceira temporada. Esta alamada e bem sucedida série da HBO é uma adaptação das Crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin.

UMa coisa que chama atenção é sua música tema principal, que não nos deixa pular a abertura. Aqui abaixo o violinista Jason Yang, que organizou e realizou nos agrada num cover muito bem feito desta música.

Canção original e trilha sonora de Ramin Djawadi.

Aproveite:

1 de dezembro de 2012

Vídeo Game no Brasil [infográfico]

0 opiniões
Abaixo está um infográfico sobre jogos no Brasil. É de surpreender que tanta gente joga. Mas jogar é bom, diverte e, de quebra, ainda deixa a gente um pouco mais inteligente.

26 de julho de 2012

A trilogia termina e A evolução da logo do Batman

4 opiniões
Por Danny Haas
Neste mês de julho de 2012 estreia a parte final da saga do Cavaleiro das Trevas produzida por Christopher Nolan. Ao lado a imagem de Danny Haas remete aos vilões das três películas formando um amálgama com a face do Batman. É um desenho fantástico, a combinação dos vilões Espantalho, Coringa e Bane dá um tom dark ao cartaz.


E por falar em ícone, abaixo veja esse vídeo bem legal mostrando como assinatura do Batman, sua logomarca, evoluiu ao longo dos anos. Há uma infinidade de iterações modificadas, mais do que se pensa, embora a mais popular seja o símbolo oval amarelo com o bastão preto no meio. Aquele do Tim Burton. Curiosamente, a logo do Superman pouco mudou, o "S" fica um pouco mais grosso ou maior ao longo do tempo, nada de grande. Deve ser porque funciona assim.




Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge (Estreia 27/07/2012)

18 de julho de 2012

Produtos para o banho reproduzem cenas de terror. Psicose?

1 opiniões
O filme Psicose, do cineasta Alfred Hitchcock, deixou muita gente com medo de tomar banho após a personagem interpretada por Janet Leigh ser esfaqueada pelo maluco do Norman Bates dentro do chuveiro. Quem não se lembra do grito imortalizado daquela cena com uma trilha sonora de arrepiar?
Pois bem, para os amantes do cinema de terror, é possível levar um pouco de psicose para o seu próprio banheiro. Clicando aqui, você encontra vários produtos como os das imagens abaixo, que vão desde toalhas de banho, cortinas e até um sabonete em gel que imita uma bolsa de sangue, dá uma olhada:





 Vi no [Yahoo!]

10 de julho de 2012

Os 10 produtos mais vendidos de todos os tempos

0 opiniões
Alguns produtos são mais do que um sucesso de vendas. Mudam a maneira de pensar de um país ou até do mundo todo. O site Business Insider fez um levantamento para saber quais são os produtos mais vendidos de todos os tempos. Integram a lista brinquedos, filme, disco, carro e livro.

Confira:

1 - Harry Potter - 450 milhões de livros vendidos
2 - Cubo mágico  - 350 milhões de unidades vendidas
3- PlayStation - 300 milhões de unidades vendidas
4 - Super Mário (cartucho de videogame)  - 262 milhões de unidades vendidas
5 - iPhone  - 250 milhões de unidades vendidas
6 - Thriller (disco de Michael Jackson) - 110 milhões de unidades vendidas
8 - iPad - 67 milhões de unidades vendidas
9 - Toyota Corolla - 39 milhões de carros vendidos
10 - Star Wars - US$ 4,5 bilhões em faturamento com ingressos de cinema

[Vi no Yahoo!]

7 de julho de 2012

Grupo Economist lista as 10 melhores cidades para se viver

6 opiniões
O Economist Intelligence Unit (EIU) divulgou um novo ranking listando as 10 melhores cidades do mundo para se viver. A lista, que tem causado debates, traz Hong Kong em primeiro lugar. 

Hong Kong

Foram analisadas 70 cidades no mundo todo. São Paulo e Rio de Janeiro ficaram, respectivamente, na 36° e 42° posição dos municípios mais agradáveis para se viver.

Paris
Para a elaboração do ranking foram considerados sete itens: o espaço verdade; a expansão da cidade; o acesso à natureza; o acesso cultural; a conectividade; o isolamento; e a poluição. Alguns itens são considerados negativos para a vida urbana, como a expansão da cidade, que dificulta bastante a vida e, inclusive, aumenta os custos, como os de transporte. Outros, por outro lado, são positivos, como o espaço verde, que contribui para uma melhora na qualidade de vida.

As mais agradáveis
No topo da lista ficou Hong Kong (China), seguida por Amsterdã (Holanda), Osaka (Japão) e Paris (França). Além de São Paulo e Rio de Janeiro, também entraram no ranking outras cidades da América Latina, como Buenos Aires (Argentina) que ficou na 26° posição e Santiago (Chile), na 31° posição.

Lima (Peru) também entrou na lista, ficando mais bem posicionada do que as cidades brasileiras, na 35º posição. Por outro lado, as últimas posições ficaram com Dacar (Senegal), Abidjan (Costa do Marfim), Dhaka (Bangladesh), Lagos (Nigéria) e Harare (Zimbábue).

Veja as 10 cidades mais agradáveis para se viver:

1° - Hong Kong (China)

2° - Amsterdã (Holanda)

Berlim
3° - Osaka (Japão)

4° - Paris(França)

5° - Sydney (Austrália)

6° - Estocolmo (Suécia)

7° - Berlim (Alemanha)

8° - Toronto (Canadá)

9° - Munique (Alemanha)

10° - Tóquio (Japão)

36° - São Paulo (Brasil)

42° - Rio de Janeiro (Brasil)
Fonte: EIU  e Yahoo!

2 de julho de 2012

Ilha Literal

0 opiniões


Há um blog para quem gosta de poesia que trás as mais conhecidas e algumas não tão conhecidas, mas muito boas. É o Ilha Literal. Ainda em início, porém já muito bom. Recomendadíssimo.

18 de maio de 2012

Dez mandamentos para nunca mais se endividar

2 opiniões
O endividamento é o vilão do orçamento de qualquer pessoa, perder o controle das contas ou cair na inadimplência pode atrasar os sonhos e os projetos de muitas famílias.
Pensando em ajudar o consumidor a se livrar para sempre do endividamento, o educador financeiro, Reinaldo Domingos, autor do livro Livre-se das Dívidas da editora DSOP, listou os 10 mandamentos para você nunca mais se endividar. Confira.

1. Fazer o diagnóstico financeiro anualmente: o diagnóstico é importante para saber o impacto dos seus gastos, isso pode ajudar também a cortar o que não é essencial.

2. Ter no mínimo três sonhos (curto, médio e longo prazo): Reinaldo explica que o os sonhos devem ser discutidos junto com a família, afinal, estes sonhos serão a motivação para você poupar o seu dinheiro.

3. Elaborar um Orçamento Financeiro: esse orçamento deve ser feito priorizando os sonhos, ou seja, trace o que ganha, mais os sonhos, mais o que se gasta mensalmente.

4. Poupar mensalmente o que ganha para os sonhos: crie o hábito de reservar parte do seu salário para a realização dos sonhos, esse dinheiro pode ser aplicado na poupança ou em algum outro tipo de investimento, procure sempre um especialista para te assessorar nessa parte, pode ser uma corretora ou banco.

5. Gastar menos do que ganha: planeje seus gastos; sempre que você fizer compras se pergunte se você pode deixar isso para amanhã. Ao sair para o shopping leve somente o dinheiro que vai gastar; isso evita gastos desnecessários. Deixe em casa os cartões de crédito e os cheques, se necessário.

6. Ter limites de cartão de crédito inferiores aos seus rendimentos: segundo o especialista, o limite ideal para o cartão é de 50% do seu salário, isso garante que você poderá arcar com a sua fatura no final do mês.

7. Não usar cheque especial, se possível não ter: o uso do cheque especial já é um sinal de que você gastou mais do que devia, então é mais saudável ter uma reserva para futuras emergências.

8. Manter reservas para situações emergenciais: quando você mantém uma reserva financeira para emergências você evita o uso do cheque especial ou empréstimos, mas lembre-se que essa reserva não pode ser a mesma do dinheiro poupado para os sonhos.

9. Distinguir o que é essencial do que é supérfluo: veja seus gastos mensais e avalie o que pode ser cortado, com atenção você pode gerar um economia de até 30%.

10. Comprar sempre à vista e com desconto: está é a regra básica para não cair no endividamento. Na hora de comprar aquele televisor que você tanto deseja, trace uma meta de quanto você precisa economizar por mês para comprar à vista.

Fique atento!
Segundo o especialista, o consumidor deve fugir ao máximo dessas facilidades de crédito, como o cheque especial. “É um vilão nas mãos de que não tem educação financeira”, afirma Domingos.

Comprar por impulso também é um ofensor muito grande para o consumidor. “Você acaba comprando aquilo que você não sonhava, com o dinheiro que você não tinha para impressionar quem você, muitas vezes, nem mesmo conhece”, explica o especialista.
Com relação aos sonhos, Reinaldo ainda explica que o de curto prazo geralmente deve ter uma meta de um ano, o de médio, prazo até 10; e o de longo prazo, acima de 10 anos.

Fonte: Yahoo e InfoMoney

15 de maio de 2012

Os melhores filmes nunca filmados

0 opiniões
Os admiradores de Alfred Hitchcock tendem a apontar "Um Corpo que Cai", "Intriga Internacional", "Psicose" e "Os Pássaros" entre seus melhores filmes, mas pouca gente se lembra de "Caleidoscópio".

O mesmo em relação a Stanley Kubrick: "2001: Uma Odisseia no Espaço" e "Laranja Mecânica" costumam integrar listas de seus filmes mais importantes, mas "Napoleão" é um ilustre desconhecido.

Pode-se dizer coisa idêntica de "Jesus", de Carl Dreyer, "O Idiota", de Andrei Tarkóvsky, "Leningrado: Os 900 Dias", de Sergio Leone, ou "Gershwin", de Martin Scorsese.
Claro: esses filmes jamais foram feitos, embora seus diretores tenham desenvolvido os projetos, em alguns casos, até bem perto de dar início às filmagens.

Eles constam de uma lista com "os 20 melhores filmes nunca realizados", publicada pela revista norte-americana "Film Comment" -- veículo da Film Society do Lincoln Center, de Nova York. É de dar água na boca e fazer a imaginação voar (leia aqui, em inglês).

O primeiro da lista é "O Coração das Trevas", baseado no romance de Joseph Conrad, que Welles e sua turma fariam ao desembarcar em Hollywood. Já havia roteiro, maquetes de cenários e outros detalhes bem encaminhados quando Welles e a produtora RKO desistiram do projeto.

A história do cinema não pode reclamar: o filme nascido desse abandono foi "Cidadão Kane". E "O Coração das Trevas", por sua vez, daria origem a "Apocalypse Now", de Francis Coppola.
Em segundo lugar na lista da "Film Comment", aparece "Gênesis", de Robert Bresson, que seria financiado pelo produtor Dino De Laurentiis. Um dos motivos de Bresson para desistir foi a dificuldade encontrada para fazer com que os animais "interpretassem" seus papeis de acordo com os relatos bíblicos.

Kubrick tem dois filmes na lista: "Napoleão", que seria realizado logo depois de "2001", com Jack Nicholson no papel de Bonaparte, e "Os Documentos Arianos", ambientado durante a II Guerra Mundial e abandonado quando o diretor soube que Steven Spielberg fazia "A Lista de Schindler".

Em ambos os casos, Kubrick sofreu por se ver obrigado a desistir. Hitchcock também, quando a MCA/Universal cancelou "Caleidoscópio", sobre um assasino serial gay. Impressionado por "Blow-up - Depois Daquele Beijo", de Michelangelo Antonioni, o cineasta inglês já havia feito o planejamento para 450 posições de câmera, além de testes de imagem e som.
Como consolo, algumas das ideias de "Caleidoscópio" foram parar em "Frenesi".

Não há consolo, entretanto, para a adaptação que Sergei Eisenstein faria em Hollywood do romance "Uma Tragédia Americana", de Theodore Dreiser, muito menos para a adaptação de "Em Busca do Tempo Perdido", de Marcel Proust, que Luchino Visconti planejou em detalhes.
Pense no elenco: o narrador-protagonista seria feito por Alain Delon ou Dustin Hoffman; Silvana Mangano ficaria com a Duquesa de Guermantes; Laurence Olivier e Marlon Brando estavam cotados para interpretar o Barão Charlus.

Partes da saga memorialística de Proust foram depois adaptados por Volker Schlöndorff ("Um Amor de Swann", com Jeremy Irons como Swann, Ornella Muti como Odette, Alain Delon como Charlus e Fanny Ardant como a Duquesa de Guermantes) e Raoul Ruiz ("O Tempo Redescoberto", com Catherine Deneuve como Odette e John Malkovich como Charlus).

Vêm aí mais filmes de sonho para exercitar a imaginação: a "Film Comment" promete, nos próximos dias, expandir a lista até 100 títulos.

Segue abaixo com tradução livre os 20 filmes desta lista:


Uma Tragedia Americana
Caleidoscópio
1. Coração das Trevas de Orson Welles
2. Genesis de Robert Bresson
3. Napoleão de Stanley Kubrick
4. Uma Tragedia Americana de Sergei Eisenstein
5. Jesus de Carl Theodor Dreyer
6. As Aventuras de Harry Dickson de Alain Resnais
7. Eu, Claudius de Joseph von Sternberg
8. Caleidoscópio de Alfred Hitchcock
9. Os Documentos Arianos de Stanley Kubrick
10. O Idiota de Andrei Tarkovsky
11. Leningrado: Os 900 Dias de Sergio Leone
12. O Seguidor de Filmes de Terrence Malick
13. Em Busca do Tempo Perdido de Luchino Visconti
14. A Duquesa de Langeais de Max Ophüls
15. As Crusadas Paul Verhoeven
16. O Berço do Rock, Orson Welles
17. Em Busca do Tempo Perdido de Joseph Losey
18. Gershwin, Martin Scorsese
19. A Casa de Bernarda Alba de Luis Buñuel
20. A Conquista do México de Werner Herzog


13 de abril de 2012

Geração XYZ

0 opiniões

O que significa Geração XYZ?

Recentemente tem havido uma necessidade de se nomear as gerações de forma a não alinhar com as mesmas características individuais de épocas diferentes. Até há pouco tempo atrás, quando nos referíamos a crianças, adolescentes ou pessoas de meia ou terceira idade acabávamos generalizando comportamento e características, independente da época em que viveram.
Hoje é inaceitável imaginar o comportamento de um adolescente, independente da época que tenha vivido.
Assim, fica fácil entender que um adolescente do Século XIX, com certeza terá características diferentes de um adolescente do início do Século XX, ou dos anos 1950, 1960 ou 1990.


Dessa forma, se optou por chamar as gerações (independente de sua idade, já que as gerações envelhecem) por nomes específicos. As principais classificações das gerações são:

Geração X
A primeira denominação moderna foi a que se denominou Geração X. Esta geração é composta dos filhos dos Baby Boomers da Segunda Guerra Mundial. (Baby Boomer é uma definição genérica para crianças nascidas durante uma explosão populacional - Baby Boom em inglês, ou, em uma tradução livre, Explosão de Bebês. Dessa forma, quando definimos uma geração como Baby Boomer é necessário definir a qual Baby Boom estamos nos referindo). Os integrantes da Geração X têm sua data de nascimento, localizada, aproximadamente, entre os anos 1960 e 1980.

Geração Y
A Segunda geração foi a denominada Geração Y, também chamada de Geração Next ou Millennnials.
Apesar de não haver um consenso a respeito do período desta geração, a maioria da literatura se refere à Geração Y como as pessoas nascida entre os anos 1980 e 2000. São, por isso, muitos deles, filhos da geração X e netos da Geração Baby Boomers.

Geração Z
Formada por indivíduos constantemente conectados através de dispositivos portáteis e, preocupados com o meio ambiente, a Geração Z não tem uma data definida. Pode ser integrante ou parte da Geração Y, já que a maioria dos autores posiciona o nascimento das pessoas da Geração Z entre 1990 e 2009.

Geração XY
Ainda não muito bem definida, a Geração XY é uma maneira de classificar indivíduos da Geração Y que buscam reconhecimento da forma que a Geração X fazia.

Geração Alfa (ou Alpha Generation)
Ainda sem características precisas definidas, a não ser que nascerão em um mundo conectado em rede, a próxima geração, de nascidos a partir de 2010, já tem nome: >Geração Alfa. Poderão ser filhos, tanto da geração Y, como da Geração Z.

Geração X
Vários países ocidentais deram uma guinada à esquerda no início da década, com a vitória de John F. Kennedy (sim, aquele que foi assassinado enquanto estava dando um passeio em um carro conversível) nas eleições de 1960 nos EUA, da coalizão de centroesquerda na Itália em 1963 e dos trabalhistas no Reino Unido em 1964. No Brasil, João Goulart virou o primeiro presidente trabalhista com a renúncia de Jânio Quadros.

Geração Y
Essa é a famosa e tão comentada geração do momento. A geração Y, a geração do computador, das facilidades, da globalização e tudo mais. Alguns Baby Boomers e Xs se refere a esta geração como sendo a GERAÇÃO MIMADA.

Geração Z
É a geração touchscreen, você imagina as crianças de hoje, daqui poucos anos ainda apertando botão? Seguimos então para a geração que não irá arrumar, vão sim trocar, não vai vender, vai se desfazer.

Não irá procurar por produtos que sintam necessidade, apenas escolheram de quem comprar. Pois ofertas de todos os tipos e gostos não vão faltar.



2 de abril de 2012

10 Razões, entre tantas, para ler livros

0 opiniões
1 – Conhecimento: Os livros refletem desde os primórdios o conhecimento adquirido pelas comunidades. Sejam de ficção, ou não, os livros são fontes inesgotáveis de conhecimento;

2 – Cultura: Ler um livro lhe permite conhecer e assimilar as mais diversas expressões culturais. Lendas e mitos não tem fronteira nas páginas dos livros;

3 – Viajar: Não, livros não são automóveis, aviões, ou mesmo a internet com suas câmeras que não deixam passar nada. Mesmo assim uma boa leitura lhe permite viajar por cenários desconhecidos, permitindo-lhe conhecer os variados países ou mundos, pois apenas nos livros, você tanto pode viajar pela Europa, ou então incursionar, por Nárnia, ou na Terra Média;

4 – Interaja: A leitura de um livro permite ao seu leitor interagir com a obra, afinal, por mais descritiva que seja uma cena, caberá a cada leitor formar a visão de seu personagem, da paisagem... Enfim, a uma boa dose de exclusividade em cada leitor, pois cabe a você imaginar como é o mundo que está lendo;

5 – Um mundo de aventuras: Se temos interação, chegamos a este ponto, os livros nos permitem viver aventuras as quais o mundo real nem sempre permite. Portanto para quem gosta de aventuras, a escolha de um bom livro é fundamental para viajar por lugares perigosos e fantásticos;

6 – Atividade cerebral: O hábito da leitura estimula várias áreas do corpo entre elas o cérebro, fator que acaba auxiliando inclusive no desenvolvimento da inteligência, e na formação de jovens;

7 – Emancipação: Ensinar o hábito da leitura para as crianças é uma das melhores formas de estimular a emancipação através da função liberatória da palavra;

8 – Amigo do Português: Não estou falando do dono da padaria ali da esquina, mas sim da nossa língua portuguesa – Cá entre nós um terror na sala de aula –. A leitura habitual de livros leva de certa forma a uma familiarização com a língua portuguesa, permitindo aos poucos que tenhamos mais noções práticas de seu uso;

9 – Seja um personagem: Ler um livro permite-lhe assumir a forma de seu personagem predileto. Pode tornar-se um mago, que sabe tudo sobre encantamentos, ou um guerreiro valente fadado a salvar o mundo. Nas páginas dos livros você também se torna herói;

10 – Impressione: Não que seja a mais indicada, mas esta é uma das razões que também podem levar ao hábito da leitura. Aquele que lê no metrô, na praça, no ônibus, na escola, jamais passara despercebido, e pode lhe dar uma boa vantagem, seja para aquela paquera, seja para sua mãe, que ficará muito orgulhosa ao ver quanto o “filhinho” é inteligente! Aliás, esta é uma palavra que geralmente está associada aos leitores assíduos.

2 de março de 2012

Como é o carnaval em 10 outros países

1 opiniões
Muitos países ao redor do mundo comemoram o carnaval, pra você que achava que folia e foliões só existiam no Brasil segue a lista dos dez carnavais em outros países.


avatarO carnaval na Suiça tem grande expressão em Basileia. A folia tem início na segunda-feira, antes da quarta de cinzas, aproximadamente às 4h da manhã, com o Morgestraich. Na ocasião, todas as luzes se apagam e várias pessoas desfilam com lanternas pelo centro da cidade ao som de músicas carnavalescas com flautas e tambores.

avatarNo Equador o carnaval dura duas semanas e é comemorado com balões de água, flores e frutas. As pessoas festejam indo para as praias jogar balões de água em amigos e também em pessoas desconhecidas. Acontecem desfiles com carros alegóricos feitos por todos os tipos de flores e frutas.
.
.


avatarConhecido como o maior carnaval de inverno do mundo, a folia na cidade de Quebec, duram três semanas. Durante a festa ocorrem concertos musicais, esculturas de neve, paradas noturnas e atividades esportivas, por exemplo, competição de canoas e pesca no gelo. Mesmo com 10 graus negativos o carnaval do Canadá atrai milhares de pessoas do mundo.
.

avatarNo Japão carnaval tem nome, é Asakusa Samba Carnival. O festival têm carros alegóricos, ala das baianas, samba cantado em português e até passistas vestindo roupas importadas do Brasil. Muitas pessoas saem nas ruas para curtir a folia com samba no pé. O interessante é a presença de vários brasileiros, principalmente em lugares de destaque como nos carros alegóricos e puxadores de samba.

avatarOs pontos altos do carnaval na cidade de Nice são os bonecos gigantescos de papel machê, as festas de rua e a célebre Batalha das Flores. A brincadeira acontece da seguinte maneira: flores utilizadas para enfeitar os carros alegóricos são jogadas no público.
.
.

avatarO carnaval esloveno é marcado por ser muito diversificado e rico. O personagem mais popular da folia é o Kurent, que é uma fantasia com uma máscara monstruosa e demoníaca. Acontecem desfiles dessas máscaras numa mistura de celebrações ocidentais e o antigo paganismo eslavo.  Na quarta-feira de cinzas ocorre o enterro do pust, um boneco que simboliza todos os males.
.
.
avatarO carnaval dominicano é um verdadeiro show de identidade cultural que abrange muitos aspectos da sociedade dominicana. Os personagens enriquecer as celebrações populares sem limites para o colorido. Mas o mais apreciado em muitas cidades são os demônios espectadores que perseguem as pessoas que se aventuram em seu caminho, essa brincadeira é uma tradição por lá.
.


avatarNa cidade de Bogotá acontecem uma série de eventos típicos e espetáculos, são apresentados danças e ritmos folclóricos, por exemplo, cúmbia, pito, gaita, salsa, fandango, mapalé e merecumbé. A festa que foi considerada pela Unesco como “Obra Mestra do Patrimônio Oral e Intangível da Humanidade”, tem o clímax com a Batalha das Flores.
.

avatarÉ na época do carnaval que Veneza recebe o maior número de turistas. A cidade ganha um aspecto de baile de máscaras a “céu aberto”, quando ricos e pobres se unem. As festas são celebradas no interior de palácios antiquíssimos e ainda com direito a máscaras e fantasias super requintadas. Além disso, acontecem grandes bailes, concertos, danças e desfiles...


avatarCarnaval no Haiti é época de marchar, cantar, dançar, se divertir, relaxar e um momento em que a sociedade aceita qualquer e quase todos os tipos de comportamento. Na ocasião acontecem canções satíricas que é uma tradição antiga, onde haitianos aproveitam para protestar a respeito de algo. Com a abertura política no país, a sátira carnavalesca se tornou mais escancarada. .
.

[Publicado por Thales Azamor no Lista10.org]

29 de fevereiro de 2012

10 maneiras de prevenir e controlar a hipertensão

0 opiniões
Novos dados indicam que a doença atinge 23,3% dos brasileiros

No Dia Nacional da Hipertensão, o Ministério da Saúde divulgou novos números sobre a doença: quase um quarto da população brasileira é hipertensa (23,3%). Esse dado diminuiu em relação ao ano passado (24,4%), mais ainda representa um aumento se comparado aos últimos cinco anos, já que em 2006 a proporção era de 21,6%.

A pesquisa, feita com 54.339 adultos, faz parte da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) e revela que o diagnóstico de hipertensão é maior em mulheres - 25,5% - do que em homens - 20,7%. A prevalência da doença também aumenta com a idade, afetando mais de 50% das pessoas com 55 anos ou mais.

A hipertensão, conhecida como pressão alta, é uma doença crônica que não tem cura, mas pode ser controlada. "Normalmente, um paciente com pressão igual ou superior a 140/90mmHg é diagnosticado como hipertenso. Além disso, o paciente tem de permanecer com a pressão mais alta do que o normal", explica o cardiologista Enéas Rocco. Essa doença pode desencadear males que envolvem o sistema circulatório, desde um infarto até um derrame cerebral. Entretanto, há hábitos de vida que implicam em pequenas mudanças que estão totalmente ao alcance e podem blindar seu organismo. Confira 10 dicas para afastar essa doença silenciosa.


1. Um hábito prático e saudável: para afastar o perigo da hipertensão, aposte nas caminhadas. Uma pesquisa da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da USP, comprovou que a caminhada reduz a pressão arterial na primeira hora e, o que é melhor ainda, essa queda se mantém nas 24 horas subsequentes. Atividades físicas regulares, principalmente as aeróbias, contribuem para a melhora de todo o sistema circulatório e pulmonar. Só tome cuidado com os exageros: antes de começar qualquer treino, procure um especialista e faça uma avaliação geral.

2. Reduza (não elimine) o sal: o excesso de sal na dieta leva à retenção de líquidos, acarretando a hipertensão. Por isso, maneire na hora de temperar a comida e diminua o consumo de enlatados e alimentos em conserva. Além disso, hoje existe uma boa substituição: o sal diet pode ser útil na dieta do hipertenso, substituindo parte do cloreto de sódio pelo cloreto de potássio – e nisso, ele é duplamente benéfico, por reduzir o sódio e por adicionar potássio, sendo esse último um elemento muito importante na prevenção e no tratamento da hipertensão arterial. Além dos cuidados em relação ao consumo de sal, quem já apresenta a hipertensão deve seguir uma dieta balanceada, privilegiando frutas e verduras, carne magra, laticínios desnatados, grãos e cereais

3. Perdendo medidas: pesquisadores do Instituto de Nutrição da UFRJ descobriram que um mal, muitas vezes esquecido, tem grande influência na hipertensão: o acúmulo de gordura na cintura. O indicador é sinal de alerta quando as medidas ultrapassam 102cm para os homens e 88cm nas mulheres, pois essa gordura abdominal duplica as chances de hipertensão, infarto e diabetes. Para reduzir os alimentos gordurosos na alimentação vale incluir frutas, verduras e legumes. Cortar a carne não é preciso, mas dê preferência aos cortes magros como filé mignon e músculo.

4. Beba com moderação: a redução da ingestão de álcool também auxilia o controle da pressão arterial, porém não é necessária a abstinência. Para não passar da conta, a recomendação é a seguinte: a ingestão de bebida alcoólica deve ser limitada a 30g álcool/dia contidas em 600 ml de cerveja (5% de álcool) ou 250 ml de vinho (12% de álcool) ou 60ml de destilados (whisky, vodka, aguardente com 50% de álcool). Este limite deve ser reduzido à metade para homens de baixo peso, mulheres e indivíduos com sobrepeso e/ou triglicérides elevados.

5. Apague o cigarro: o tabaco, em conjunto às outras substâncias tóxicas do cigarro, eleva a pressão imediatamente, além de comprometer toda a sua saúde a longo prazo. “Parar de fumar é fundamental”, alerta o professor de Cardiologia da Santa Casa de São Paulo, Ronaldo Rosa. Isso ocorre porque a nicotina do cigarro aumenta a pressão arterial – o que não significa que fumar cigarros com baixos teores de nicotina diminua consideravelmente o risco de doenças cardíacas.

6. Conte até dez: o estresse aparece como resposta do organismo às sobrecargas físicas e emocionais, desencadeando a hipertensão e doenças do coração. Uma das doenças relacionadas à estafa, ou seja, a doença mais conhecida como fadiga, que causa dores musculares e cansaço físico ocasionados principalmente pela combinação entre desgaste excessivo (sem respeitar um tempo de descanso e recuperação) e pela má alimentação. Nestes casos, o tratamento é uma mudança radical na rotina e na alimentação. As dicas dos especialistas são controlar s emoções e procurar incluir atividades relaxantes na sua rotina.

7. Vitamina D sempre: um estudo realizado pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, revelou que 20% dos casos de hipertensão em mulheres estão associados ao descontrole dos níveis da pressão arterial em decorrência da falta de vitamina D no organismo. A vitamina D pode ser encontrada em alimentos como a manteiga, gema de ovo, fígado, entre outros, mas sua principal fonte de absorção é a luz solar. Com a falta da vitamina, o organismo feminino faz um esforço três vezes maior para manter seu equilíbrio circulatório e acaba sobrecarregando algumas funções como a irrigação das artérias, o que gera um aumento na pressão e desconfortos, como tontura e transpiração excessiva.

8. Monitore seu coração: avaliações regulares não só ajudam a identificar o problema no começo, facilitando o tratamento, como servem para adequar o uso de medicamentos de forma mais eficaz. No mínimo uma vez por ano, todas as pessoas devem medir a pressão arterial. A recomendação é da Sociedade Brasileira de Hipertensão, que alerta para esse simples exame como uma forma de prevenir problemas mais sérios. Quem já possui a doença deve ir medi-la a cada mês e ir ao médico a cada seis meses para verificar a medicação que está tomando.

9. Benefícios adicionais do sexo: um estudo realizado pela Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, sugere que fazer sexo com certa frequência diminui os riscos de infarto fatal. A pesquisa contou com a colaboração de três mil homens de 45 a 59 anos de idade. De acordo com os cientistas, os homens que afirmaram ter níveis baixos ou moderados de atividade sexual ficaram mais expostos ao risco de morte súbita. Eles descobriram que mesmo que a pressão arterial suba durante as atividades sexuais, a pressão subsequente é reduzida, mantendo uma relação de saúde para o organismo, afastando o risco de infartos.

10. Tire as crianças da frente de TV: crianças que passam muito tempo em frente à televisão têm mais chances de apresentar elevação da pressão arterial independentemente do seu nível de gordura corporal ou peso, de acordo com um estudo publicado na revista científica Archives of Pediatric and Adolescent Medicine. A pesquisa analisou a relação entre a pressão arterial das crianças e sua escolha de passatempos passivos, como assistir à TV, usar o computador e ler. De acordo com os pesquisadores, ver TV é mais nocivo do que jogar vídeo-game, por exemplo, porque a ação de jogar demanda o mínimo de movimentos da criança. Enquanto a TV, além de estimular o comportamento passivo, normalmente vem associada ao consumo de guloseimas, como salgadinhos e biscoitos, cheios de sal e gordura, que também contribuem para o aumento da pressão.

[Publicado em 26/4/2010 por Minha Vida]

17 de fevereiro de 2012

Uma rápida história dos Controles da Nintendo

0 opiniões
(Clique na imagem para visualizar o slide.)
Esta é uma animação bem legal mostrando um pouco de como os controles da Nintendo evoluíram ao longo dos anos.

A nostalgia nos obriga a dizer que o N64 tem sido o grande favorito, apesar de ser o mais obviamente impraticável com um terço de todo o controle nunca realmente ser usado. Mas até hoje, ainda se encaixa como uma luva quando o pegamos para um jogo qualquer.

Muita gente tem obsessão com o controle do Gamecube, muito dizem que os botões deste joystick é de odiar, e os gatilhos nos faz sentir descolados. Obviamente, isso foi esquecido antes do WiiU ser anunciado, mas como podemos ver, seus controles estão prestes a dar um passo gigante para a frente em mais "loucura".

Confira abaixo mais uma do controle evoluído do PlayStation:

{Vi no Unreality]

1 de fevereiro de 2012

Um anel de noivado "Indiana Jones"

4 opiniões
 (Clique na imagem para aumentar)

Este é um anel muito bonito, muito cool. A noiva em potencial do proponente é declaradamente uma grande fã de Indiana Jones, por isso eles o personalizou e fizeram um anel que reflete isso.

O modelo abaixo explica os detalhes; o chicote é o anel propriamente dito, o diamante amarelo é o "ídolo" do primeiro filme. Melhor do que um diamante vermelho sangue, simboliza o coração extarído em O Templo da Perdição. Alguns dizem que deveriam ser uma caveira de cristal no lugar da pedra, que de certa maneira representa melhor nosso heroi que qualquer ícone do filme mais recente.

Há outras fotos do projeto e do anel abaixo:


[Vi no Unreality]

12 de janeiro de 2012

A árvore da vida

0 opiniões


The Tree of Life (EUA, 2011), Escrito e Dirigido por Terence Malick, Fotografia de Emmanuel Lubezki, Trilha Sonora de Alexandre Desplat com Brad Pitt, Sean Penn, Jessica Chastain, Hunter McCracken, Laramie Epples e Tye Sheridan.


Por Antonio César

Terrence Malick concebeu um filme de fotografia deslumbrante e limpa, bonito, e de certa forma muito poético. Com tom com tom introspectivo e reflexivo, marca de Malick em suas produções, faz a quem assiste se possuir junto a história.

A edição é cuidadosa e feita num ritmo que possibilita apreciar cada imagem, personagem ou acontecimento. Segue na velocidade de um eclipse. Há uma passagem que mostra dezesseis minutos da evolução do mundo de modo fantástico.

Ao mesmo tempo que a senhora O’Brian, personagem de Jessica Chastain se remete a Deus ou graça, é sugerida uma visão naturalista da vida, tudo é expressado de maneira lírica de suave entusiasmo.

Quase não há diálogo no filme, a montagem é toda em fragmentos. É como se Malick tivesse pego apenas momentos mágicos da vida de uma família e colados tudo junto de forma alinear. Faz qualquer expectador lembrar de inúmeros momentos de sua própria vida.

Emociona? Não chega a este ponto, mas faz a gente pensar no que estamos fazendo da vida. Inspira? Com certeza, qua o tempo todo. Porém, é uma película para pouco, ao mostrar a vida de uma perspectiva não convencional o diretor e também roteirista Terrence Malick construiu o que podemos chamar de raridade em Hollywood. É recomendável apenas a quem estiver preparado para um filme incomum. Típico filme ame-o ou odeie-o.




SalaZero.Blogspot.Com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ocioso